Funjope divulga resultado da análise documental dos dois últimos editais da Lei Aldir Blanc

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) divulgou, nessa quarta-feira (24), no Portal da Transparência, o resultado da análise documental dos dois últimos editais da Lei Aldir Blanc (LAB), lançados em 29 de setembro – ‘Mãe Edith de Yansã’ e João Balula. Com a publicação, a Funjope avança no processo de finalização dos editais da LAB.
 
Os quatro editais da Lei Aldir Blanc – que totalizam um investimento de R$ 1,8 milhão – foram construídos a partir de uma série de diálogos com os movimentos de cultura e a comunidade artística de João Pessoa. Conforme o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves, todos se mobilizaram para ajudar a elaborar os documentos. “O compromisso agora é garantir que todos os recursos sejam aplicados”, acrescentou.
 
O resultado da análise documental do edital João Balulapode ser conferido no link https://transparencia.joaopessoa.pb.gov.br:8080/licitacoes/visualizar-arquivo?id=43000. Já do edital Mãe Edith de Yansã, o link é https://transparencia.joaopessoa.pb.gov.br:8080/licitacoes/visualizar-arquivo?id=43001.
 
O prazo para recurso dos proponentes inabilitados segue até esta sexta (26). O recurso e a documentação necessária devem ser enviados para o e-mail [email protected].
 
Retificação – Para o edital Prêmio Culturas Populares Mestre Manoel Baixinho, foi divulgada uma retificação da análise documental no link https://transparencia.joaopessoa.pb.gov.br:8080/licitacoes/visualizar-arquivo?id=42998
 

Destaques

As Mais Lidas​

Notícias Relacionadas