Prefeitura de João Pessoa garante qualificação profissional para moradores de vários bairros

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Maria do Socorro da Silva, moradora do Gervásio Maia, nunca tinha feito um curso na área da gastronomia. Mas agora já vislumbra algum futuro na área. Ela é uma das beneficiárias dos cursos de Sustentabilidade Aplicada à Cozinha, que foram concluídos na última quinta-feira (28), numa iniciativa da Prefeitura de João Pessoa que objetiva a qualificação profissional.

Os cursos, que aconteceram nas Cozinhas Comunitárias do Gervásio Maia, Bairro dos Novais, Vieira Diniz e no Restaurante Popular de Mangabeira, foram realizados através da parceria entre a Secretaria Executiva da Participação Popular (SEPP) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Nacional (Senac), com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e da Federação Paraibana de Associações Comunitárias (Fepac).

“Achei essa parceria da Prefeitura com o Senac uma ideia genial para que a gente possa se qualificar para o mercado de trabalho. Além disso, muitas mulheres não têm conhecimento sobre as possibilidades da gastronomia. Foi uma oportunidade muito boa para nós”, afirmou Maria do Socorro.

O curso foca no reaproveitamento de vários alimentos que podem render pratos nutritivos e deliciosos, evitando o desperdício e se transformando num alimento totalmente saudável. Prova disso foi o bolo de casca de banana feito com a fruta já bem madura. O resto da casca da banana foi parar no lixo? Nem pensar. Transformou-se em petisco. O mesmo aconteceu com talos de couve-flor, cenoura e casca de abóbora que tiveram um outro destino e não foram descartados do cardápio.

“Nunca tinha feito um curso nesta área antes e adorei. Assim que aparecer outras oportunidades, eu gostaria muito de me aprofundar mais nessa área e ir em frente”, disse Maria do Socorro.

Já Denise Henrique foi uma das beneficiárias do curso na Cozinha Comunitária do Bairro dos Novais. Para ela, que está fazendo o curso de Nutrição, a iniciativa só deixou a certeza de que está no caminho certo.

“Nunca fiz um curso assim. Esta primeira vez foi incrível. É chocante quando você descobre que todos os dias toneladas de alimentos são jogados fora, quando poderiam, de alguma forma, serem utilizados. Aprendi muito com esse curso”, falou Denise.

Sobre a iniciativa da Prefeitura, o secretário da Participação Popular, Thiago Diniz, ressaltou que esta parceria com o Senac, envolvendo também a Fecomércio, vem sendo de extrema importância para qualificar moradores dos bairros da cidade e abrir portas para o mercado de trabalho. “Todos os cursos têm um padrão de muita qualidade e nossa ideia é abranger o maior número de bairros possível. Ao todo, são 300 vagas em segmentos diferentes que estaremos ofertando até o final do ano”, afirmou.

Para a coordenadora de Capacitação Profissional da Fepac e articuladora da Participação Popular, Ana Leonora, trata-se de uma parceria que vem para transformar vidas. “Os cursos valorizam e empoderam cidadãos. Os alunos saem dos cursos com o currículo renovado e já com a ideia do que podem fazer para se inserirem no mercado de trabalho”, disse.

Nas Cozinhas Comunitárias, o sentimento é de que além de abrigar os cursos, os espaços também cultivam sonhos. Fabiana Ferreira coordena o equipamento instalado no Bairro dos Novais. “A gente se sente realizada ao ver que as pessoas saem daqui felizes com as perspectivas que se abrem. São novos horizontes e futuros que se abrem”, falou.

Destaques

As Mais Lidas​

Notícias Relacionadas