Eleições OAB-PB: Maria Cristina Santiago diz que é contrária a unificação dos cartórios

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Em visita a escritórios de advocacia na tarde desta segunda-feira (18), a candidata à presidência da OAB-PB, Maria Cristina Santiago (Kiu), discutiu com advogados e advogadas sobre o Cartório Unificado Cível, resultante do procedimento de unificação cartorária de 17 varas, no Fórum Cível, da Comarca de João Pessoa, cuja previsão de inauguração é para outubro deste ano.

“Essa questão da unificação dos cartórios no Fórum Cível revela a inércia e a omissão que infelizmente estão caracterizando o comportamento da OAB/PB. Nós, advogados militantes, questionamos onde estava a Ordem quando essa unificação foi discutida, perguntamos o que a OAB/PB fez para defender nessa questão a advocacia. Por isso, nós queremos um novo tempo para a Ordem, um tempo de protagonismo em defesa de cada advogado e advogada da Paraíba”, explicou a advogada Kiu.

De acordo com as informações divulgadas pelo Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB) a instalaçãodo novo cartório unificado ocupará o terceiro andar do Fórum Cível, mas a reforma também alcançou o quarto e quinto andares, onde estão os gabinetes dos juízes, porque a gestão do cartório unificado ficará a cargo de um juiz, designado pela presidência do TJ-PB, com a ajuda dos chefes de cartório.

“Lá atrás, em 2017, quando aconteceu uma unificação com os cartórios de família e sucessões eu tive a oportunidade de defender a advocacia. Despachei com a presidência do Tribunal de Justiça e no Conselho Nacional de Justiça. Conhecedora da realidade da advocacia sabia dos prejuízos daquela unificação. É dessa coragem que precisamos na OAB/PB. Coragem para lutar pela advocacia e pela Ordem, recuperando o seu prestígio”, complementou a candidata à presidência da OAB/PB.

Destaques

As Mais Lidas​

Notícias Relacionadas