Prefeitura abre inscrições para oficina com diretor do premiado filme ‘Pacarrete’

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), através do Laboratório de Desenvolvimento de Projetos Audiovisuais (WR_LAB), em parceria com o projeto Paradiso, está com inscrições abertas até esta quinta-feira (14) para a oficina ‘Premissa e o Filme’. A iniciativa da Prefeitura de João Pessoa, que oferece 20 vagas, tem à frente o diretor, roteirista e produtor criativo Allan Deberton, do filme ‘Pacarrete’.

A oficina acontece nos dias 18, 20 e 22 de outubro, das 15h às 17h, pela plataforma Microsoft Team. Para se inscrever, é preciso ter mais de 18 anos e ser profissional de audiovisual natural da Paraíba ou residente há pelo menos dois anos no Estado. A inscrição já está disponível no Google Forms, no link tinyurl.com/premissaeofilme.

O diretor executivo da Funjope, Marcus Alves, explicou que a ação deve estar inserida em um conjunto maior da política da Prefeitura de João Pessoa para o setor de audiovisual. Ele destacou que a Funjope vem fazendo um trabalho junto ao Polo de Audiovisual de Cataguases e com o Cine Belas Artes, por exemplo. Este ano, a gestão já investiu R$ 1,2 milhão no segmento na produção de filmes.

“A nossa política de audiovisual vai ser focada em um tripé: a linha de formação dos profissionais, qualificação das salas de cinema que a Prefeitura administra, além de criar mecanismos para melhorar a divulgação do audiovisual. Essa oficina deve ser contextualizada nesse ambiente macro que é a política que a Funjope e a Prefeitura querem desenvolver com o audiovisual”, afirmou.

As oficinas, do II W.R_Lab, são para aprimoramento de projetos audiovisuais e seguem até março de 2022. “A Funjope está dedicada ao desenvolvimento do audiovisual de João Pessoa, e consequentemente, da Paraíba”, comentou o chefe da Divisão de Audiovisual da Funjope, Paulo Roberto.

A oficina vai ensinar como elaborar uma obra cinematográfica a partir de uma abordagem teórica, preceitos a partir de autores como Syd Field e Robert Mckee. Também será feita a análise de filmes e estudo de casos. Nas atividades com os alunos, haverá também debate sobre premissas e caminhos possíveis para a realização do projeto.

O projeto Paradiso é uma organização que tem investido em formação profissional e geração de conhecimento com programas de bolsas e mentorias, além de cursos, seminários e estudos voltados para a internacionalização dos profissionais de audiovisual. O Projeto Paradiso concederá a bolsa “Paradiso Multiplica” a um dos alunos inscritos na oficina.

A bolsa faz parte de uma ação de difusão de conhecimento e dará ao profissional o acesso à Rede Paradiso de Talentos, programa dedicado aos profissionais que se destacam no projeto e que, a partir do ingresso na Rede, passam a adquirir mais conhecimentos e se comprometem a, dali em diante, multiplicar esse conhecimento adquirido.

Sobre o diretor – Allan Deberton é formado em Cinema pela Universidade Federal Fluminense. Seus curtas-metragens participaram de mais de 150 festivais nacionais e internacionais conquistando 76 prêmios. Em 2019, ‘Pacarrete’, seu primeiro longa como diretor, fez estreia mundial no 22º Festival Internacional de Cinema de Xangai, indicado ao Golden Goblet Awards. No Brasil, o filme venceu o 47º Festival de Cinema de Gramado, conquistando 8 Kikitos, e fez parte de outras cinco mostras nacionais. No exterior, participou de vários festivais, entre eles, o Festin (Portugal) e New Filmakers Los Angeles (EUA).

Destaques

As Mais Lidas​

Notícias Relacionadas