Ministro de Minas e Energia descarta horário de verão no país nos próximos anos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram


Não haverá horário de verão no Brasil nos próximos anos. Essa garantia foi dada pelo ministro Bento Albuquerque, de Minas e Energia nesta quarta-feira (6). Ele disse também que está descartada a possibilidade de haver racionamento ou apagão. A afirmação foi concedida durante entrevista ao Sistema Verdes Mares.

Bento Albuquerque visita Fortaleza para participar do Proenergia 2021, evento anual realizado pelo Sindicato das Indústrias de Energia e de Serviços do Setor Elétrico do Ceará.

Racionamento de energia

O ministro de Minas e Energia disse também que o Governo Federal faz nos últimos anos um planejamento de energia para evitar racionamento ou um apagão, mesmo com a crise hídrica no país. Segundo Bento Albuquerque, há noves fontes de energia e que outras fontes como o hidrogênio serão utilizadas para evitar um racionamento hídrico.

Investimento no Ceará

O ministro de Minas e Energia ainda falou sobre os investimentos que serão feitos no Ceará. De acordo com Bento Albuquerque serão investidos R$ 12 bilhões no estado. Valores divididos para a geração e transmissão de energia.

“Serão investidos R$ 12 bilhões só em geração e transmissão de energia aqui no estado do Ceará nos próximos oito anos. Cerca de R$ 9,5 bilhões em geração de energia e R$ 2,5 bilhões em transmissão de energia”, destacou.

“O Nordeste e o Ceará como um todo já são exportadores de energia para outras regiões do país. O Nordeste tem gerado muita energia eólica, muita energia solar e essa energia tem sido transferida para outras regiões do país particularmente para o Sudeste onde os reservatórios que são as baterias do sistema hidrelétrico brasileiro estão muito baixos. O Nordeste nós chamamos é o cinturão das energias renováveis do nosso país junto com o norte de Minas Gerais”, afirmou.

Destaques

As Mais Lidas​

Notícias Relacionadas