Renan diz que relatório da CPI ‘com certeza’ pedirá indiciamento de Bolsonaro

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), será indiciado pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga supostas irregularidades durante a condução de pandemia no país. A informação foi confirmada nesta terça-feira (5) pelo relator da comissão, senador Renan Calheiros (MDB-AL).

Questionado sobre o tema pelos jornalistas ao chegar à comissão, Calheiros cravou o indiciamento de Bolsonaro na CPI: “Com certeza”.

“Com certeza será [indiciado]. Nós não vamos falar grosso na investigação e miar no relatório. Ele com certeza será, sim, pelo o que praticou”, disse o relator.

A CPI chegou à reta final dos trabalhos. A previsão é de que o relatório seja apresentado e votado na segunda quinzena deste mês.

Após a aprovação do relatório pela CPI, o documento será enviado ao Ministério Público, que decidirá se acata ou não os pedidos de indiciamento.

Destaques

As Mais Lidas​

Notícias Relacionadas