Projeto quer barrar uso da linguagem neutra em escolas e repartições públicas de JP

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Um projeto de Lei que tramita na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) quer barrar a utilização da linguagem neutra nas escolas e repartições públicas da cidade. O assunto veio à tona após a Rede Globo anunciar que vai adotar a nova modalidade em uma de suas novelas, prevista para estrear em maio de 2022.

Na prática, a linguagem neutra altera o idioma e retira os artigos o e a para definir o gênero. A proposta prevê a utilização de algum símbolo ou da letra ‘e’ para palavras masculinas e femininas, como por exemplo, todos, que passaria a ser ‘todes’.

Para a vereadora Eliza Virgínia, autora da proposta, essa é mais uma tentativa de imbecilizar a população, sobretudo a que tem menos acesso à educação. “Isso é um absurdo, estão querendo idiotizar o povo brasileiro. Até professores de universidades e faculdades estão se referindo aos seus alunos dessa forma”, criticou.

Se aprovada, a proposta prevê pagamento de multa no valor de R$ 5 mil em caso de descumprimento.

Destaques

As Mais Lidas​

Notícias Relacionadas