Operação prende suspeito de integrar gangue da marcha à ré, em João Pessoa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Uma operação da Delegacia Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (DCCPAT) em parceria com o Grupo Penitenciário de Operações Especiais (Gepoe) e delegacia especializada de repressão ao crime organizado (Draco) prendeu na manhã dessa desta terça-feira (28), um homem suspeito de integrar um grupo criminoso, conhecido como gangue da marcha à ré, em João Pessoa.

De acordo com o delegado João Paulo Amazonas, Núcleo de Repressão Qualificada, responsável pelo caso, o homem usava tornozeleira eletrônica e há 30 dias havia retirado o instrumento, mas respondia, em liberdade, por porte ilegal de arma. Desta vez ele foi preso suspeito de participar da gangue que agiu em depósitos de gás de cozinha, no fim de semana, na Capital.

O homem foi levado para a Central de Polícia e está à disposição da Justiça.

Destaques

As Mais Lidas​

Notícias Relacionadas