Pré-candidata à presidência da OAB-PB, Maria Cristina Santiago explica reativação de revista científica

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A pré-candidata à presidência da OAB-PB, Maria Cristina Santiago, explicou a necessidade de a OAB-PB articular uma iniciativa que apoie a produção acadêmica e a divulgação de conteúdos, produzidos, principalmente, pela jovem advocacia, que encontra dificuldades de publicação de seus trabalhos em outros meios.

Para a advogada, é preciso criar oportunidades de publicação da produção acadêmica dos jovens advogados em espaços reconhecidos. Segundo nos relata a pré-candidata à presidência da OAB-PB, esta medida é essencial para fomentar a capacitação científica da advocacia da Paraíba.

Maria Cristina Santiago acrescentou, sobre a sua proposta nessa área: “pretendemos reativar e institucionalizar a publicação Lexmax, Revista do Advogado da Paraíba, com lançamento de edital e publicação da edição de forma rápida e frequente”, detalhou a advogada.

Para isso, a pré-candidata pretende, conforme o falou à nossa reportagem, engajar nesse projeto, advogados e advogadas que possuem afinidade com a área acadêmica , para reativação da revista científica da instituição.

“Essa proposta tem objetivos importantes. Entre eles menciono a promoção do diálogo entre a produção científica da advocacia do nosso estado, proporcionando a esses profissionais um espaço de publicação para os seus trabalhos, conseguindo, assim, divulgar experiências profissionais reconhecidas. Com isto atendemos, também, ao propósito de capacitação contínua dos advogados em início de carreira”, complementou a pré-candidata à presidência da OAB-PB.

Destaques

As Mais Lidas​

Notícias Relacionadas