Presidente da CPI da Banda Larga rebate críticas de João Gonçalves e dispara: ‘Se fosse sobre caixões, a dele teria dado certo’

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A presidente da CPI da Banda Larga na Câmara Municipal de João Pessoa, Eliza Virginia (Progressistas), rebateu nesta segunda-feira (13), as críticas do deputado estadual e ex-presidente da CPI da Telefonia na Assembleia Legislativa, João Gonçalves (Podemos), que durante entrevista à imprensa na última sexta (10), criticou a Comissão aberta na CMJP.

Segundo o deputado, a CPI da CMJP se tornou imprópria, por que, segundo ele, seria restrita a um único objeto, quando deveria ser mais ampla. O deputado defendeu uma Comissão Especial com objetivo de envolver outros órgãos como, por exemplo, o Ministério Público.

Segundo Eliza em entrevista exclusiva ao Sistema Arapuan de Comunicação, o deputado teceu críticas contra a CPI da Banda porque a presidida por ele na Assembleia não obteve resultado e afirmou ainda que, se objeto do texto fosse ‘caixões e velórios’, ele teria logrado êxito.

“Há quem diga que nós já estamos recendo críticas [de deputados], porque talvez a da Assembleia não deu em nada. João Gonçalves teceu crítica contra a nossa CPI, com todo respeito, porque a dele não deu em nada e se tivesse sido sobre caixões, sobre velórios, talvez desse em alguma coisa. Mas aqui vamos buscar soluções para o consumidor”, disparou Eliza.

Destaques

As Mais Lidas​

Notícias Relacionadas