Medeiros aponta aumento de casos de covid-19 na primeira quinzena de julho

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

As aglomerações promovidas no primeiro fim de semana com o novo decreto que flexibiliza diversos setores na Paraíba, deverão trazer um incremento no número de casos de covid-19. A informação é do secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, que citou as aglomerações nas cidades do Brejo, Bananeiras e Areia, assim como a comemoração do título estadual do Campinense, em Campina Grande e as lives executadas. “Isso tudo levará a um incremento no número de casos e infelizmente de óbitos que poderiam ter sido evitados se as pessoas tivessem feito o uso da máscara e do distanciamento”, disse em entrevista a uma emissora de TV da Capital.

O secretário falou que a Paraíba ainda tem uma taxa “R” de replicação viral, que é quando uma pessoa contamina a outra, acima de um. “Haverá uma piora na primeira quinzena de julho por conta das atitudes de pessoas que teimam em não usar máscara e não aglomerar dentro e fora de casa”, concluiu.

Com a chegada das próximas festividades como São João e São Pedro, o secretário destaca que, apesar da nossa tradição cultural nesse período, “não é o momento para agregar os familiares e amigos”. “Isso está ocorrendo com frequência em bananeiras, essa atitudes em qualquer local promovem adoecimento de famílias inteiras. São mais de dois mil casos diários”, comentou.

Destaques

As Mais Lidas​

Notícias Relacionadas