Datafolha: 71% dos brasileiros apoiam restrição do comércio e serviços contra a Covid-19; 28% são contrários

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Pesquisa Datafolha divulgada pelo jornal “Folha de S.Paulo” nesta quinta-feira (18) informou que 71% dos brasileiros apoiam a restrição de comércios e serviços como medida de combate à Covid-19.

No final do ano, 61% eram a favor das restrições.

Os entrevistados foram questionados se são a favor, contra ou indiferente à diminuição do horário de funcionamento de comércios e serviços em geral. A pesquisa teve o seguinte resultado:

  • A favor: 71%
  • Contra: 28%
  • Indiferente ou não sabe: 2%

A pesquisa foi realizada com 2.023 brasileiros adultos, que possuem telefone celular, em todas as regiões e estados do país entre os dias 15 e 16 de março. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Ontem, o Brasil registrou média móvel acima de 2 mil mortes diárias por Covid pela 1ª vez.

Economia

A pesquisa Datafolha mostrou ainda que a maioria dos entrevistados defende que, no atual momento é mais importante conter o vírus, mesmo que isso prejudique a economia. Sobre esse tema:

  • 59% consideram que é mais importante deixar as pessoas em casa para conter o vírus;
  • 30% defendem que é mais importante acabar com o isolamento para estimular a economia;
  • 10% não sabem.

Igrejas

O apoio ao fechamento de igrejas e templos religiosos também cresceu desde o final do ano, ao passar de 49% em dezembro, para 59%. No geral, os resultados da pesquisa atual foram:

  • 59% a favor do fechamento;
  • 40% contra contra o fechamento;
  • 1% não sabe ou é indiferente.

Bares e restaurantes

Em relação ao fechamento de lojas, bares e restaurantes, a maioria da população continua aprovando o fechamento:

  • 59% são a favor;
  • 37% são contra.

Fechamento das escolas

  • 66% são a favor;
  • 32% são contra.

Jogos de futebol

Sobre a paralisação dos jogos de futebol:

  • 76% são a favor;
  • 23% são contra.

Parques, praias e academias

A maioria dos entrevistados também respondeu que praias (81%), parques (78%) e academias (75%) devem ficar fechadas, assim como salões de beleza e escritórios (62%).

Gênero e região

A pesquisa Datafolha aponta também que a defesa de manter a população em casa para conter o avanço da Covid-19 é maior entre mulheres (65%) do que entre os homens (54%), mas não varia além da margem de erro de acordo com a escolaridade, renda ou idade.

Nas regiões, o Nordeste é o que mais apoia as restrições (67%), seguido por Centro-Oeste e Norte (59%), Sudeste (58%) e Sul (50%).

Desempregados e empresários

As pessoas que estão desempregadas também defendem as medidas de restrição (66%). Porém, entre o empresariado, apenas 31% disseram defender essas medidas, enquanto 50% são contrários. Outros 19% disseram que não sabem.

Entre os entrevistados que consideram o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ótimo ou bom: 35% defendem restrições e 54% são contrários.

Já entre os que o avaliam o governo como ruim ou péssimo, 76% são a favor restrições e 15% são contrários.

Destaques

As Mais Lidas​

Notícias Relacionadas