Sem toque de recolher, decreto restringe horários de bares e restaurantes em Campina; confira

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), publicou no Semanário Oficial nesta sexta-feira (12), o novo decreto com medidas restritivas. Bruno já havia adiantado alguns pontos do decreto e informou que a cidade não iria seguir as medidas restritivas impostas pelo decreto do governo do Estado, aos municípios de bandeira laranja, que é o caso do município.

A cidade não vai adotar o toque de recolher, como determinado no decreto estadual. As medidas restritivas são válidas do período entre 12 e 27 de março. No decreto, o horário de funcionamento de bares de restaurantes e bares foi reduzido até às 16h com 50% da capacidade, antes o horário se estendia até as 23h. Após as 16h os estabelecimentos podem funcionar no sistema de entrega (delivery) e passe e pegue (drive thru).

Confira o decreto na íntegra:

Principais pontos:

Restaurantes, bares, lanchonetes, lojas de conveniência, praças de alimentação e estabelecimentos similares somente poderão funcionar com atendimento nas suas dependências das 06h às 16h, com 50% de sua capacidade máxima, respeitando-se a distância mínima de 2,5 m entre mesas e ficando vedada, antes e depois desse horário, a comercialização de qualquer produto para consumo no próprio estabelecimento.

Destaques

As Mais Lidas​

Notícias Relacionadas