X
Dólar
Euro
06 de August de 2020

SEM CUSTOS

DIÁRIO: Parturientes podem ser atendida em maternidade privada se não houver vaga na pública

01/08/2020 | 09h52min
Foto: Reprodução/Internet

O Diário Oficial do Governo do Estado trouxe, neste sábado, a publicação da Lei, sancionada, que dá o direito a internação de parturientes (quem está em trabalho de parto ou acabou de parir) em maternidades privadas de baixo risco quando não existir vaga nas maternidades da rede pública do Estado.

Pela Lei, de autoria da deputada Estela Bezerra, a parturiente não precisará pagar para ser atendida na rede particular e a nova medida só vale se não houver nenhuma possibilidade de internação em maternidades públicas do Estado.

Ainda de acordo com a legislação, a internação só pode ser feita em hospitais particulares do Estado com a prescrição de médica(o) credenciada(o) pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O profissional de saúde terá, ainda, que informar o quadro atual de gravidade da paciente e a inexistência de vaga em sua unidade pública.

A Secretária de Estado de Saúde manterá atualizado o mapa de leitos públicos e privados nas maternidades de baixo risco e disponibilizará as informações às administrações das maternidades da rede pública.


Redação

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.