X
Dólar
Euro
20 de September de 2020

DOR E SOLIDARIEDADE

Família doa órgãos de adolescente morto por tiro acidental de espingarda na PB

03/07/2020 | 10h59min
Foto: divulgação/Ascom Trauma

O adolescente de de 15 anos atingido por um tiro acidental de espingarda na cidade de Santa Inês, no Sertão da Paraíba, teve morte cerebral constatada e a família decidiu doar os órgãos. A captação foi feita por volta das 5h desta sexta-feira (03). O adolescente estava internado desde o dia 26 de junho.

Enfermeira envolvida na captação dos órgãos – Fonte: Assessoria Hospital de Trauma de CG

De acordo com a enfermeira Juliana Pinto, do núcleo de captação de Campina Grande, foram doados o fígado e os rins do adolescente. Os órgãos foram encaminhados para João Pessoa e os órgãos vão para pessoas da Paraíba. “Agradecemos à família, para num momento de dor como esse, ter a grandeza de fazer a doação dos órgãos do filho”, disse.

A mãe do adolescente, Vanessa Fernandes da Silva, de 40 anos, mora em Juazeiro da Bahia e afirmou que sempre conversou sobre isso em casa. Ela contou que a cunhada já recebeu um transplante de córnea e destacou: “a dor é grande, mas hoje meu filho vai viver em outras famílias. Meu filho era um menino muito alegre, muito ativo e alegria que ele me deu, vai dar para três famílias agora”, disse emocionada.

Ela fez um apelo para que as famílias conversem sobre doação de órgãos em casa, pois é preciso estar unido e na hora da dor não dá tempo de ficar pensando. “Tem que decidir rápido, um minuto vale uma vida”, afirmou.

A mãe também afirmou que, se for da vontade dos pacientes que receberem a doação da um abraço deles, ela gostaria.

Mãe do adolescente morto – Fonte: Assessoria Hospital de Trauma de CG

O adolescente estava na casa da avó paterna, no sítio Sobrado, em Santa Inês. O acidente aconteceu na sexta-feira (26), quando ele foi atingido por um tiro de espingarda disparado pelo primo.

A escolta dos órgãos para João Pessoa está sendo feita pela Polícia Rodoviária Federal.

Saída dos órgãos para João Pessoa – Fonte: Assessoria Hospital de Trauma de CG


Marília Domingues

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.