X
Dólar
Euro
12 de July de 2020

SAÚDE

Pesquisadores do IFPB Campus Sousa elaboram perfil epidemiológico da Covid-19 na Paraíba

30/06/2020 | 14h20min

Uma pesquisa desenvolvida por professores e estudantes do curso de Medicina Veterinária do IFPB Campus Sousa vem levantando dados para construir o perfil epidemiológico da Covid-19 na Paraíba. O estudo é coordenado pelo professor Louis Hélvio Rolim de Britto e conta com a colaboração da docente Amélia Lizziane Leite Duarte e dos discentes Jivago Meira Gomes, Francisco Fredson de Sousa e Emily Hanna Vieira da Silva Araújo, todos de Medicina Veterinária. Completa o time de pesquisadores envolvidos no projeto o professor de Saúde Pública do curso de Medicina Veterinária da Universidade Federal da Paraíba (UFPB Campus Areia), o médico veterinário Inácio José Clementino.

A pesquisa foi uma das onze propostas aprovadas na Chamada Prospectiva de Projetos de Extensão e Cultura para o Enfrentamento e Minimização dos Impactos da Covid-19, publicada pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (ProExc) com o objetivo de fornecer recursos para fomentar a realização dos projetos. O estudo vai desenvolver um levantamento dos dados epidemiológicos que aborda as relações de estudo no tempo, no espaço e de acordo com as variáveis socioeconômicas das pessoas acometidas pela Covid-19 na Paraíba.

No que se refere à questão tempo, a pesquisa irá investigar o período compreendido entre a confirmação do primeiro caso de Covid-19 na Paraíba, ocorrida em março deste ano, até o primeiro dia do mês de agosto, quando se encerra a vigência do estudo. O projeto terá duração de três meses: junho, julho e agosto.

Com relação à variável espaço, os pesquisadores vão analisar, nesses três meses, todas as cidades paraibanas que apresentaram casos confirmados desta doença, independentemente de ter havido óbitos ou não. Após a fase de levantamento das informações, irão constar todos os casos confirmados, os eventuais óbitos e as suas respectivas cidades. Na variável socioeconômica, a equipe vai observar o perfil das pessoas acometidas pela doença com base em critérios como sexo, idade e existência ou não de outro quadro de doença anterior à Covid-19 que poderia ter contribuído para o agravamento da enfermidade.

De acordo com o professor Louis Hélvio Rolim, coordenador do projeto, “esse perfil é importante porque teremos um mapeamento detalhado da distribuição da doença no nosso estado. Vamos mostrar o gráfico da curva epidemiológica e obtermos a situação real e numa situação hipotética em que não estivéssemos em distanciamento social. Essa informação mostra a relevância de estarmos adotando esse distanciamento porque, através dessa curva epidemiológica, poderíamos saber até que ponto os leitos de que dispomos poderiam atender às necessidades das pessoas acometidas”, explicou. 

Em termos metodológicos, o estudo trabalhará com os dados secundários da epidemiologia descritiva. Os pesquisadores irão analisar informações obtidas por instituições como as Secretarias Municipais de Saúde, a Secretaria de Estado de Saúde, o Ministério da Saúde e a Fiocruz. Em seguida, a equipe irá processar esses dados para traçar um panorama mais amplo sobre a Covid-19 e a saúde coletiva na Paraíba. “Vai haver comparações entre os dados, o que produzirá dados estatísticos mais precisos por levar em consideração informações de várias fontes”, destacou Louis.

“A pesquisa vai mostrar o engajamento e o compromisso das Instituições de Ensino Superior com o enfrentamento da pandemia que assola o nosso estado. As informações obtidas pelo estudo poderão ser divulgadas em eventos, congressos, simpósios e publicações em revistas e periódicos, promovendo os nomes do IFPB e da UFPB, universidade parceira na realização do projeto, em âmbito estadual e federal, o que é muito positivo. São informações relevantes e exclusivas que mostram a preocupação do IFPB e a sua ação no combate à Covid-19”, finalizou Louis.

DGCOM do IFPB


Assessoria

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.