X
Dólar
Euro
12 de July de 2020

ELEIÇÕES EM CG

‘Candidatura de Ana não foi uma imposição minha e incomoda muita gente’, diz Veneziano

29/06/2020 | 20h43min
Veneziano Vital do Rêgo – (Foto: Sistema Arapuan Mídias & Marketing)

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) afirmou, na noite desta segunda-feira (29), que não impôs a candidatura da advogada e ex-secretária estadual Ana Cláudia para disputar a Prefeitura de Campina Grande. Veneziano argumentou que o nome dela está sendo proposto por um grupo de partidos na cidade campinense.

“A candidatura de Ana não é uma candidatura de Veneziano. A candidatura foi proposta por vários partidos”, reforçou o senador, acrescentando que Ana Cláudia teria todas as condições e competência de ingressar na política mesmo se ele não existisse.

Veneziano esclareceu que a advogada tem uma história de vida pública e não depende da política para sobreviver. “Não faz política pela dependência daquilo que a política pode lhe reservar. Ela é uma profissional. Se ela [Ana] voltar a advogar e se dispuser, porque competência ela tem, a fazer um concurso público, eu acredito plenamente que ela passe”, garantiu.

De acordo com o parlamentar, sua esposa tem um desejo de participar da política e assim o fez com a experiência que obteve em diversos cargos ocupados na administração pública. “Como presidente da Funasa no Estado da Paraíba, superintendente durante cinco anos, me perdoe, de forma brilhante, assim o fez como integrante do Governo José Maranhão, de Ricardo Coutinho e João Azevêdo. Ana tem substrato, ou seja, Ana tem conhecimento de causa para puder se apresentar. E não é ela que está se apresentando. São partidos que estão a indicá-la”, comentou o senador.

Para o socialista, desconhecer a competência de Ana para disputar o pleito é uma demonstração de preconceito contra as mulheres. “Quando tentam desconhecer essa condição é a demonstração clara de um preconceito, a demonstração clara de um desrespeito as mulheres. Porque Campina Grande vai ter a oportunidade, claro, decidindo autonomamente e soberanamente, de ter a primeira mulher eleita. Eu sei que isso incomoda muito”, finalizou.


Paulo de Pádua

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.