X
Dólar
Euro
12 de July de 2020

CONTROLE

Casos de covid-19 já estão em declínio há um mês na Unimed-JP, diz informe

21/06/2020 | 19h00min
Hospital Alberto Urquiza Wanderley, em João Pessoa (Foto: Divulgação / Assessoria)

Com 83% dos internados já em alta hospitalar e um declínio no número de casos há quatro semanas, a Unimed-JP informou que o pico de atendimentos no Pronto Atendimento foi há quatro semanas e que o hospital já se prepara para o “novo normal”.

De acordo com hospital, foram 6.296 atendimentos de pacientes com síndrome gripal desde o início da pandemia, com o primeiro caso em 09 de março, até a sexta-feira (19).

A maioria dos atendimentos foi de adultos (96%), sendo apenas 4% de crianças. Deste montante 8% (523 pessoas) precisaram de internamento, sendo 87% em enfermaria e 13% em UTI. A letalidade total ficou em torno de 7% e 83% dos internador receberam alta hospitalar. Durante esse período, duas pessoas precisaram ser transferidas para São Paulo.

Na UTI a taxa de mortalidade foi de 35% e 65% receberam alta. A maioria dos pacientes que precisou de internação em UTI tinha mais de 80 anos (58%), enquanto 21% tinham entre 60 e 80 anos.

Na enfermaria 68% tiveram alta hospitalar, 20% foram transferidos para UTI Covid, 11% para UTI não Covid e 1% foi à óbito.

Os números batem com as estatísticas dos melhores hospitais do Brasil e do mundo quando comparados em relação ao porte. O hospital anunciou que o pico de atendimentos no Pronto Atendimento foi há quatro semanas e agora o número de casos nas unidades está em declínio.

Apesar disso, é preciso lembrar que a lotação está no limite da UTI e enfermaria devido ao grande número de conversação no momento de internamentos de pacientes mais idosos e mais graves.

O hospital informou que, apesar da pandemia, foram realizados mais de oito mil atendimentos não covid simultaneamente com os covid e que o duplo fluxo no hospital será mantido, assim como a Unimed-JP está se preparando para retornar ao “Novo Normal”.


Redação com assessoria

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.