X
Dólar
Euro
15 de July de 2020

ATRASO

Kita fala em irregularidades na folha de Bayeux, mas promete pagar aposentados

02/06/2020 | 08h46min
Jefferson Kita Foto: Câmara de Bayeux

O prefeito interino de Bayeux, Jefferson Kita, comentou nesta terça-feira (02) que assim que tiver liberada a senha ele irá realizar o pagamento das aposentadorias de maio que estão atrasadas. Ele destacou que foi feita uma auditoria na folha de maio que encontrou irregularidades, mas prometeu regularizar a situação.

“Foi feita uma auditoria no IPAM (Instituto de Previdência e Assistência Serviço Público Municipal de Bayeux) e constatado que tinha folha estourada com salários altíssimos e quem pagou a conta foi o aposentado que teve o benefício atrasado”, disse.

Kita lembrou que quando vereador chegou a propor uma lei que priorizasse o pagamento dos aposentados e alegou que “quem é mais sentido nesta causa” é ele.

“Quando for liberada a senha o primeiro pagamento vai ser dos aposentados”, garantiu.

De acordo com Kita, quando Berg Lima soube que seria afastado novamente, ele fez pagamentos de fornecedores como o lixo entre outros e tirou o dinheiro que estava em caixa para pagar os aposentados.

Educação

Outra categoria que está enfrentando problemas no município é a Educação, o próprio Kita destacou que os servidores de abril não receberam, e que ele apesar de ter pego já o fim de maio vai tentar colcoar dentro do mês o parcelamento dos salários atrasados.

“Abri a folha de maio que estava fechada e foi feita uma auditoria que apontou irregularidades, funcionários não foram encontrados, outros não tinham utilidade, muita gente sem comprovação de frequência, isso vai ser cortado”, garantiu.

O prefeito interino disse que espera pagar os aposentados hoje, assim que sua senha liberar. “Já entrou parte do dinheiro do Fundo de Participação dos Municípios e queremos com prioridade pagar a folha total de maio e começar a fazer parte e abril. Quanto a Educação, tem que colocar tudo em dia porque tem verba própria. O gargalo maior é o recurso próprio que tem limitação de folha”, comentou.

Fraude nos consignados

O gestor ainda denunciou que há quatro meses os servidores não recolhem os empréstimos, ele alegou que o prefeito Berg Lima descontava na folha e não repassava ao banco que estava para negativar os servidores. “É apropriação indébita. Estamos negociando com o banco para fazer parcelas de dívidas antigas”, disse.


Marília Domingues

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.