X
Dólar
Euro
13 de July de 2020

EFEITOS DA CRISE

Desemprego no Brasil aumenta e chega a 12,8 milhões de pessoas sem ocupação

28/05/2020 | 11h57min
Foto: Secom JP

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), vinculada ao IBGE, constatou que o número de desempregados no Brasil aumentou de 11,2% para 12,6% no trimestre entre fevereiro e abril deste ano. Se comparado com o trimestre anterior (novembro de 2019 a janeiro de 2020), 12,8 milhões de pessoas foram atingidas.

A pesquisa foi divulgada nesta quinta-feira (28) para mostrar efeitos da crise econômica que a pandemia do novo coronavírus vem causando no mercado de trabalho do país, com a paralisação de vários setores. O levantamento não leva em consideração apenas os trimestres tradicionais, mas períodos móveis (como fevereiro, março e abril; março, abril e maio etc.).

O nível da população ocupada teve queda recorde de 5,2%, em relação ao trimestre encerrado em janeiro, representando uma perda de 4,9 milhões de postos de trabalho, que foram reduzidos a 89,2 milhões.

A analista da pesquisa Adriana Beringuy afirmou que os efeitos foram sentidos tanto entre os informais quanto entre trabalhadores com carteira assinada. “Dos 4,9 milhões de pessoas a menos na ocupação, 3,7 milhões foram de trabalhadores informais. O emprego com carteira assinada no setor privado teve uma queda recorde também. A gente chega em abril com o menor contingente de pessoas com carteira assinada, que é de 32,2 milhões”, declarou.

Queda nos empregos informais

A taxa de informalidade foi de 38,8% da população ocupada, representando 34,6 milhões de trabalhadores. sem carteira assinada (empregados do setor privado e domésticos), os sem CNPJ (empregadores e por conta própria) e os sem remuneração (auxiliam em trabalhos para a família).

Subutilizados são 28,7 milhões

A taxa de subutilização ficou em 25,6%, o que representa 28,7 milhões de brasileiros. O número também é recorde para a série histórica. A taxa de subutilização havia sido de 23,2% no trimestre anterior e de 24,9% no mesmo trimestre móvel de 2019.


Redação/com informações do UOL

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.