X
Dólar
Euro
30 de May de 2020

ATAQUES NAS REDES SOCIAIS

Psol denuncia policiais que articulam ações contra isolamento na PB; PM emite nota

08/04/2020 | 10h43min

O presidente do Psol na Paraíba, Tárcio Teixeira, divulgou vídeos onde policiais militares articulam ações contra o isolamento e desrespeitam o comando da Polícia Militar, os decretos estadual e municipal e a recomendação da Organização Mundial de Saúde. (veja os vídeos no fim da matéria)

No texto, Teixeira afirma que os PMs deturpam informações sobre as alternativas de enfrentamento ao Covid-19, colocando em risco a vida das pessoas. Ele alega que a informação será enviada para o Ministério Público da Paraíba (MPPB) como parte da denúncia já enviada no e-mail do CAOCRIM, como indica página do próprio MPPB.

Na denúncia, Tárcio explica que no dia 07 de abril recebeu dois vídeos de Policiais Militares, um em Guarabira e outro em João Pessoa, estando um deles fardado, colocando em risco a vida das pessoas. “Eles mentem sobre as alternativas de enfrentamento ao COVID-19 e colocam em risco a vida das pessoas”, disse.

“Esses vídeos surgiram após a denúncia que fiz contra o Cabo Gilberto e a investigação do Ministério Público da Paraíba sobre a carreata convocada e realizada semanas atrás. Tudo indica ser uma ação articulada em rede.
Após essa denúncia fui alvo de vídeo convocando apoiadores do Cabo Gilberto a entrarem em meu Facebook e deixarem ‘mensagens’. Não sei se do mesmo grupo, mas no mesmo intervalo fiz denúncia na Corregedoria da PM contra o policial que publicou Fake News sobre Marielle Franco”, explicou.

Para Tárcio, a Polícia Militar, a Corregedoria, o Comando Geral, o Secretário de Segurança, o Governador, seja quem for na escala do comando, precisa desfazer essa articulação de polícias que não respeitam as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Ministério da Saúde ou do Governador.

“Nossas vidas não podem ser colocadas em risco por quem deveria fazer nossa segurança”, finalizou.

O presidente do PSOL acrescentou ainda que recebeu informações de que um dos policiais foi afastado, porém é preciso saber até onde vai essa articulação.

Resposta da PM

Em nota, o comando do 4º Batalhão de Polícia Militar em Guarabira informou que o policial foi afastado das atividades operacionais e passará por procedimento administrativo disciplinar. Além disso, ressaltou que a orientação da Polícia Militar da Paraíba, é ir orientação técnica da Organização Mundial da Saúde, do Ministério da Saúde e do Governo do Estado.

veja a nota na íntegra:

O comando do 4º Batalhão, que tem sede em Guarabira, informa que o policial militar que aparece de serviço gravando um vídeo contra o isolamento social já foi afastado das atividades operacionais. Ele passará por procedimento administrativo disciplinar, que vai apurar a atitude em toda a sua extensão.

O comando ressalta que essa não é a orientação da Polícia Militar da Paraíba, que segue a orientação técnica da Organização Mundial da Saúde, do Ministério da Saúde e do Governo do Estado, de que é fundamental que as pessoas fiquem em casa para prevenir a proliferação dessa doença que tem causado danos irreparáveis à saúde de pessoas no Brasil e no Mundo.

Veja os vídeos:


Redação

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.