X
Dólar
Euro
02 de April de 2020

SAÚDE

‘Precisamos estar em alerta’, diz médica após suspeita do novo coronavírus em Recife

26/02/2020 | 10h24min
Uma mulher com suspeita do Covid-19, o novo coronavírus, desembarcou em Pernambuco, nesta terça-feira (25), no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, na Zona Sul do Recife, segundo a Secretaria Estadual de Saúde. Foto: Infraero

Uma mulher de 51 anos que esteve na Itália desembarcou no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, em Recife, capital de Pernambuco, na última terça-feira (25) com suspeita do Covid-19, o novo coronavírus.

O resultado da contraprova realizada em um paciente brasileiro nesta quarta-feira (26), que também chegou recentemente da Itália com suspeita de coronavírus deu positivo. Este é o primeiro da doença no país, e também da América Latina.

Muitos paraibanos ficaram preocupados com o caso por conta da proximidade com a Paraíba e pelo fato de muitos foliões terem viajado até o estado vizinho para aproveitar os festejos de Carnaval recentemente.

Em contato com o portal Paraiba.com.br, a médica infectologista Joana D’Arc Frade afirmou que, se o isolamento do caso e a quarentena dos contactantes tiver sido feita de maneira adequada, não significará um risco para a população.

“Mas, até que se confirme o caso, precisamos estar em alerta. No momento atual, o que podemos fazer é evitar viagens para áreas ou países de risco”, avaliou.

Sobre as pessoas que estiveram em Pernambuco durante o Carnaval, a médica afirmou que, em princípio, não há motivos para preocupação, já que a paciente com suspeita foi devidamente retirada e isolada no hospital de referência.

Prevenção

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.

“Sim, são atitudes importantes para todas as doenças respiratórias e em particular para o coronavírus. A pessoa que apresentar sintomas gripais deve reforçar a etiqueta da tosse (cobrir a boca, usar lenço de papel) e evitar permanecer em locais fechados com circulação de pessoas”, recomendou Joana D’Arc.


Yves Feitosa

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.

Notícias Relacionadas