X
Dólar
Euro
09 de April de 2020

EDUCAÇÃO

Governo forma mais de 3 mil profissionais de educação para nova Proposta Curricular

22/02/2020 | 16h57min
Foto: Daniel Medeiros

A Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia da Paraíba (SEECT-PB) realizou durante toda esta semana a segunda etapa de formações de 3,2 mil profissionais da educação das Redes Estadual e Municipal de Ensino para adequar os conteúdos ministrados em sala de aula à nova Proposta Curricular Estadual.

As novas diretrizes foram aprovadas pelo Conselho Estadual de Educação em 2018, e produzidas a partir da nova Base Nacional Comum Curricular, elaborada e homologada pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) em 2017. A fase de formações, que está acontecendo nos polos das 14 Gerências Regionais de Ensino, encerra nesta sexta-feira (21).

A primeira etapa de formações para readequação dos currículos escolares foi realizada pela SEECT-PB na semana passada. Os profissionais das Gerências Regionais de Ensino receberam a capacitação, e agora estão repassando para as equipes escolares das Redes Estadual e Municipal nesta segunda etapa de formações. Na terceira etapa, a partir do mês de março, as equipes pedagógicas dos municípios vão repassar o conteúdo diretamente às escolas, para os professores e gestores.

 “É um trabalho feito pela SEECT em parceria com o Ministério da Educação. Um trabalho que acontece em todo o Estado e envolvendo todos os municípios. A partir deste ano, os professores trabalharão na construção dos planos dialogando com este currículo”, explicou Robson Rubenilson, coordenador estadual de currículo.

Ainda de acordo com Robson, a proposta da Paraíba deve ser adotada tanto na rede pública de ensino quanto na rede particular. “A BNCC é lei, e a partir dela os Estados construíram ou reformularam os currículos. Inicialmente para o ensino infantil e fundamental. Nossa proposta foi desenvolvida em 2018 e 2019 e foi aprovada pelo Conselho Estadual de Educação, tornando-se referência para o estado inteiro, tanto para a rede privada quanto para rede estadual e municipal”.

Robson explicou que as novas propostas curriculares e a BNCC têm por objetivo equilibrar o ensino em todo o estado, fazendo com que todos os estudantes tenham acesso ao mesmo conteúdo. “A reformulação dos currículos na Paraíba é para garantir aos estudantes uma base de conhecimento que seja comum; de Cajazeiras a João Pessoa os alunos estejam estudando o mesmo conteúdo no mesmo período, de forma equilibrada”. 


Secom-PB

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.