X
Dólar
Euro
08 de April de 2020

POLÊMICA

Apesar do MPE não concordar, AL aprova lei que libera bebidas nos estádios

18/02/2020 | 12h17min

Apesar do procurador de Justiça, Valberto Lira, representante do Ministério Público Estadual, não concordar com a medida, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adriano Galdino (PSB), promulgou, na manhã desta terça-feira (18), a Lei que libera o consumo e o comércio de bebidas alcoólicas nos estádios e arenas de futebol da Paraíba.

A Lei é de autoria do deputado Edmilson Soares, torcedor ferrenho do Botafogo da Paraíba, que atendeu reivindicação de torcidas organizadas e entidades ligadas ao futebol paraibano. O procurador Valberto Lira já reiterou várias vezes que o consumo de bebidas alcoólicas dentro dos estádios de futebol estimula o índice de violência entre os torcedores.

Maioria aprova

Mas o argumento do procurador não foi suficiente para que os parlamentares aprovassem na Casa a matéria e o presidente Adriano Galdino promulgasse. “Deixar bem claro que eu mesmo votei contra esse projeto. Tive conversando com o procurador Valberto Lira, ele me explicou que nos estádios onde havia liberado, aumentou a violência. Eu me convenci que ele estava certo. Todavia, estou aqui como presidente da Assembleia, respeitando a decisão da maioria. Como o governador se calou, como se diz no linguajar jurídico, eu estou aqui para promulgar a Lei”, comentou.

Galdino destacou que essa Lei já existe no mundo inteiro. “Uma lei similar já está no mundo todo. Todo mundo esportivo tem uma lei idêntica a essa, que permite a venda de bebida alcoólica nos eventos esportivos do mundo todo. Ambos os lados têm as suas razões”, disse.

Restrições

O secretário de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Hervázio Bezerra, admitiu, entretanto, que a bebida alcoólica traz problemas e ninguém pode negar isso. “Olha, a bebida é sempre um problema. Nós não podemos negar isso. Existem aqueles que bebem por moderação e com equilíbrio. E existe os excessos. Esses excessos é que nós não podemos esconder, que preocupa o Governo. Mas a lei do deputado Edmilson impõe uma série de restrições, inclusive obrigações para Sejel”, ressaltou.

Hervázio endossou a afirmação do deputado Adriano Galdino de que a medida já foi adotada por outros Estados. “Então, a Paraíba vai ser apenas mais um. Não li ainda integralmente o projeto. Acho que esse projeto chega em boa hora. O projeto é muito importante”, comentou.

Patrocínio

Quem prestigiou também a solenidade de promulgação da Lei foi o presidente do Botafogo Futebol Clube, Sérgio Meira, que, ano passado, apresentou uma cerveja, com o logotipo do time, durante inauguração do Terraço do Belo, na Maravilha do Contorno. “Uma medida que já estava sendo esperada por todos os clubes. A gente sabe que é muito importante. São os revendedores de bebidas que, geralmente, são os patrocinadores do esporte, como todo. E a gente sabe que isso é importante também para o futebol da Paraíba”, afirmou.

Meira destacou que Lei está sendo regulamentada de forma responsável e e os clubes precisam mostrar ao torcedor que o consumo tem que ser feito de forma moderada. “Os próprios clubes precisam fazer campanhas, mostrando que é importante ter o cuidado de não dirigir depois de consumir bebida alcoólica”, alertou.

O dirigente destacou que o objetivo é gerar renda e trazer patrocinadores. “O objetivo principal dos clubes, do Botafogo especialmente, é atrair patrocinadores para que possam trazer recursos e para que a gente possa formar uma grande equipe. Reforçar cada vez mais o nosso clube, para que a gente possa fazer uma grande série C e ter acesso a Série B”, argumentou.


Redação

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.