X
Dólar
Euro
09 de April de 2020

DURANTE VISITA

Sérgio Moro recebe livro de delegado que comandou Xeque-Mate e faz elogio

17/02/2020 | 19h22min
O delegado Fabiano Emídio entrega exemplar do livro “Lavagem de Dinheiro e Paraísos Fiscais – A captura da economia pelo crime organizado” ao Ministro da Justiça Sérgio Moro. Foto: Reprodução

O delegado Fabiano Emídio, da Polícia Federal na Paraíba, entregou nesta segunda-feira (17) um exemplar do livro escrito por ele, “Lavagem de Dinheiro e Paraísos Fiscais – A captura da economia pelo crime organizado”, ao Ministro da Justiça Sérgio Moro.

Fabiano liderou a operação “Xeque-Mate”, que desarticulou um esquema criminoso que funcionava na prefeitura e na câmara municipal de Cabedelo e também presidiu investigações relativas à Operação Lava Jato no na Paraíba.

Em visita às instalações da nova Superintendência da Polícia Federal em João Pessoa, Moro foi recebido por Emídio e fez questão de elogiar a Xeque-Mate.

Lavagem de Dinheiro e Paraísos Fiscais

A obra, com 139 páginas, tem o selo da Editora Lumen Juris, e é, segundo o autor, uma produção literária fruto da fusão do cotidiano de um delegado da Polícia Federal e da dissertação de mestrado em Direito Econômico, concluído por Fabiano Emídio, no Centro de Ciências Jurídicas da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). 

“Esse trabalho é, acima de tudo, resultado da minha inquietação, enquanto profissional e cidadão, ante a constatação de que o Brasil é o quarto país do mundo a enviar dinheiro para os paraísos fiscais. É, também, fruto da minha experiência enquanto delegado de Polícia Federal, com atuação na área de repressão à corrupção, lavagem de dinheiro e crimes financeiros, e como professor de Direito Penal e Processo Penal”, enfatizou.

Dividido em três capítulos, no primeiro o autor fala da ‘Lavagem de Dinheiro’, no segundo discorre sobre ‘Paraísos Fiscais’ e, no último, conclui com uma reflexão acerca do que denomina de  ‘Os impactos da Economia Sombria sobre o Desenvolvimento’. Ao folhear a obra, o leitor irá se deparar com os acontecimentos recentes e nacionalmente conhecidos, que foram objetos da Operação Laja Jato. Traz, ainda, as investigações que Fabiano presidiu na Polícia Federal na Paraíba. 

De acordo com o autor, o livro servirá, também, como ferramenta de pesquisa para as futuras gerações, por trazer informações de análise, métodos, técnicas e dados referentes à lavagem de dinheiro e suas conexões com os paraísos fiscais, revelando a dimensão nacional e mundial do problema. “Pode servir como um alerta sobre um fenômeno que corrói a economia mundial e mina a confiança nas instituições”, analisou. 


Redação com assessoria

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.

Notícias Relacionadas