X
Dólar
Euro
01 de April de 2020

NA POLÍCIA

Secretário Jean Nunes aposta em bom senso e Wallber Virgolino não descarta greve geral

30/01/2020 | 13h48min

A última reunião entre a equipe do Governo e integrantes das entidades dos servidores da Segurança Pública repercutiu, nesta quinta-feira (30), entre o secretário da Segurança e da Defesa Social, Jean Francisco Nunes, e o deputado Wallber Virgolino (Patriotas).

Durante a reunião, foi constituída uma comissão, com a participação do governo e representantes da categoria, para discutir números, planilhas e avaliar as reivindicações apresentadas pelos policiais.

Ao programa de rádio “Arapuan Verdade”, o secretário Jean Nunes lembrou que o Governo trabalhando na avaliação dessas propostas desde o ano passado. Segundo ele, “não há estratégia de querer desmoralizar nenhuma categoria e a cada reunião há um avanço significativo”.

Como o governador João Azevêdo, Jean Nunes também acredita no bom senso das entidades com relação a uma possível paralisação dos policiais. “Estamos acreditando no bom senso das entidades, categorias e policiais, de um modo geral. Nós vamos chegar num bom termo com essa passo dado ontem [quarta-feira] pelo Governo, criando a comissão”, disse.

Questionado também sobre o assunto pela reportagem do “Arapuan Verdade”, o deputado Wallber Virgolino afirmou que nada ficou decidido, na última reunião, e que também não houve avanço em nenhuma das reivindicações para a valorização dos policiais. Ele confirmou que no próximo dia 5 de fevereiro haverá, sim, uma assembléia geral das entidades para decidir se entram ou não em greve. “Isso não é bom pra ninguém. Perde o Estado, os policiais e a população”, ressaltou.

O parlamentar entende que o Governo do Estado já teve muito tempo para fazer um estudo da viabilidade financeira e conceder os reajustes necessários à categoria. “Se ele [governador João Azevêdo] não cumprir com o que disse, durante a campanha, quem será prejudicada é a população”, alertou.

“Quero a polícia valorizada e longe dessa politicagem sebosa”, finalizou.


Redação

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.