X
Dólar
Euro
05 de June de 2020

DOPAVA E ATACAVA

Estudante indonésio é condenado à prisão perpétua por abusar sexualmente de 48 homens

06/01/2020 | 14h39min

O estudante indonésio Reynhard Sinaga, de 36 anos de idade, foi condenado à prisão perpétua por abusar sexualmente de 48 homens, em seu apartamento, em Montana House, na cidade de Manchester, no Reuno Unido.

Sinaga atraia as vítimas para o seu apartamento, onde as drogava e atacava, além de filmar os abusos.

A polícia tem evidências de que o estudante teria feito pelo menos 190 vítimas. Ele foi condenado à prisão perpétua, com direito a liberdade condicional após cumprir uma pena mínima de 30 anos de prisão.

O Ministério Público britânico (CPS, ou Crown Prosecution Service) afirmou que Sinaga era “o estuprador com maior número de casos da história jurídica britânica”.

Ele  já estava cumprindo prisão perpétua, com uma pena mínima de 20 anos, condenado pelos crimes julgados anteriormente, registrados no verão de 2018 e na primavera passada.

O cidadão indonésio foi considerado culpado, em quatro julgamentos separados, de 136 acusações de estupro, oito acusações de tentativa de estupro, 14 acusações de agressão sexual e uma acusação de agressão com penetração, contra um total de 48 vítimas.

Durante audiência , a juíza Suzanne Goddard disse que Sinaga “atacava homens jovens” que queriam “nada mais que uma boa noitada com seus amigos”. “Na minha opinião, você é um indivíduo altamente perigoso, ardiloso e traiçoeiro que nunca será seguro para a sociedade para ser libertado”, afirmou a magistrada.


Redação

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.