X
Dólar
Euro
09 de April de 2020

MEIO AMBIENTE

Estela diz que Frente Ambientalista vai discutir proteção dos rios e tratamento de lixões nos municípios

07/06/2019 | 09h02min
Foto: Divulgação

Com o objetivo de atuar através de ações em defesa do bioma da caatinga, da preservação dos rios Gramame e Paraíba e também pelo tratamento de resíduos sólidos, a Assembleia Legislativa da Paraíba instalou, nesta quinta-feira (6), a Frente Parlamentar Ambientalista.

A deputada Estela Bezerra, que preside a frente parlamentar, ressaltou que o trabalho será uma continuidade do que já foi iniciado na Legislatura passada. “É uma Frente que dialoga com a Frente Parlamentar Nacional, no Congresso Nacional, que tem o objetivo estabelecer estratégias de proteção dos nossos biomas”, afirmou a deputada.

A parlamentar ressaltou o trabalho realizado na legislatura anterior sobre importantes pautas, dentre as quais a preservação dos rios Gramame e Paraíba. “Atualmente, 70% das águas tratadas consumidas na Região Metropolitana de João Pessoa são oriundas do Rio Gramame e esse rio, da área do Conde até João Pessoa, sofre muito com agressões químicas por agrotóxicos que, basicamente, são o objeto do nosso debate para mudar a mentalidade de comportamento e que a gente passe a preservá-lo”, pontuou.

Ainda de acordo com Estela, as visitas realizadas em nove municípios pelo do Circuito das Águas resultaram em benefícios para diversas comunidades. “Conseguimos, junto com os órgãos do Governo do Estado, fazer com que várias políticas públicas chegassem aos pequenos produtores rurais daquelas regiões. Desta forma conseguimos fazer a inclusão pela água e a segurança hídrica chegasse também a possibilidade de desenvolvimento econômico sustentável”, pontuou.

Além de seguir com a Frente focada na preservação dos rios e mananciais, a deputada garantiu que atuará também na defesa do bioma da caatinga e da coleta de resíduos sólidos. “Também vamos eleger o tratamento dos resíduos sólidos dos municípios como um dos temas”, adiantou Estela.


Assessoria

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.