X
Dólar
Euro
16 de May de 2021

CORTANDO NA PRÓPRIA CARNE

Paula Francinete que cortar salários de parlamentares: ‘ganham muito’

04/06/2019 | 10h44min
Sistema Arapuan Mídias & Marketing
Sistema Arapuan Mídias & Marketing

Inconformada com a aprovação da Medida Provisória que combate fraudes no INSS no Senado, a deputada Paula Francinete sugeriu que os parlamentares cortassem na própria carne, diminuindo não só os benefícios, mas o próprio salário. A deputada sugeriu que esse corte se estendesse até os prefeitos.

Francinete apontou que foi médica perita e trabalhou 30 anos no INSS. “Eu sei a dificuldade e o sofrimento dos que são aposentados com um salário mínimo. O pente fino vem para cortar na carne dos que mais sofrem e não têm dinheiro para comprar remédio, fazer feira… já são injustiçados pela própria situação e agora penalizados”, disse.

“Vamos cortar dos que têm os melhores salários, dos senadores que aprovaram essa Medida? Vamos cortar os salários de senadores, deputados federais e estaduais”, afirmou.

A deputada garantiu que está disposta a cortar o seu salário e reclamou que o país tenta economizar em cima dos mais pobres. Ela ainda afirmou que será crucificada pela propositura: “você acha que eles [os deputados] vão topar?”, questionou, acrescentando que é preciso começar a falar sobre o assunto, pois “se a população silenciar, nunca vai mudar”.

Paula também defendeu que parlamentares não tenham casas, carros, motoristas, passagens e outros benefícios que “são pagos com recursos tirados do bolso dos que mais sofrem”.

Prefeituras – O Show da Arapuan também divulgou nesta segunda-feira (04), uma lista com os salários dos prefeitos paraibanos, alguns deles astronômicos, enquanto cidades vivem, muitas vezes, situações de emergência. “Também deveria ser cortado, o luxo deveria ser cortado”, disse.

Questionada a respeito de o salário mais alto ser do prefeito de São José de Piranhas, aliado político de Paula, a deputada aproveitou para lançar a pré-candidatura à prefeita. “Temos que combater a corrupção”, disse.


Marília Domingues / Fernando Braz

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.