X
Dólar
Euro
14 de dezembro de 2019

VIABILIDADE ELEITORAL

Cabo Gilberto admite candidatura pelo partido de Bolsonaro em João Pessoa

03/12/2019 | 12h13min
Foto: Cláudio Costa/Paraíba.com.br

O deputado estadual Cabo Gilberto Silva admitiu que pode se candidatar a prefeito de João Pessoa pelo novo partido do presidente da República Jair Bolsonaro. O parlamentar está à mercê de algumas variáveis como a viabilidade eleitoral e a ‘vontade’ do partido.

As declarações foram dadas nesta terça-feira (03), na Assembleia Legislativa de João Pessoa.

“Quando tive a oportunidade de ir à Brasília, ele [Bolsonaro] me chamou ao palco na hora da fundação do partido e falou que está aguardando como fica em cada estado, mas serei soldado”, disse a respeito de comandar o partido na Paraíba, caso o presidente ache que ele é o melhor nome.

De acordo com Gilberto, se confirmada a viabilidade, a legenda vai apresentar candidatura em João Pessoa, Campina Grande e Patos. Na Capital, o parlamentar disse que aguarda os melhores nomes e que foi eleito para ser deputado, mas se por acaso for escolhido vai disputar.

Celulares clonados

Gilberto viu com desconfiança o fato de pelo menos sete deputados estaduais terem seus celulares clonados recentemente. “É muito estranho, ontem pensei que era um problema no telefone e fui na autorizada, lá soube que era o chip e quando cheguei na agência fui informado que o número tinha acabado de ser resgatado”, contou, apontando que seria mais uma das vítimas.

“É uma organização criminosa que usa aparelhos sofisticados, porque para resgatar um chip é uma burocracia grande e o criminoso faz fácil. Temos que endurecer, principalmente nessa questão de internet”, afirmou.

O deputado acredita que não chegou a ser vítima, mas que vai observar se alguém manda uma mensagem suspeita como aconteceu com os demais.

O golpe funciona com o criminoso se passando pela vítima. Por conversa no whatsapp é pedido para que pessoas na lista de contatos depositem quantias em dinheiro.

O apresentador do programa Cidade em Ação, Adelton Alves, foi um dos contatos para o qual o criminoso tentou conseguir dinheiro. Após se identificar como o deputado Ricardo Barbosa, o suspeito pediu R$ 5 mil ao apresentador que desconfiou da postura e acionou o deputado.


Marília Domingues / Fernando Braz

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.