X
Dólar
Euro
13 de novembro de 2019

RELEMBRE O CASO

Preso por assassinar empresário em JP tinha rotas de fuga preparadas em casa; fotos

12/10/2019 | 10h42min
Foto enviada por Aldeone. Foto: Divulgação

Foi preso na madruga deste sábado (12) Cleyton Weverton Borges Felismino, de 19 anos, suspeito de ter matado com um tiro na cabeça o empresário Aldeone Antunes no dia 17 de setembro dentro do apartamento da própria vítima localizado no João Paulo II, bairro de João Pessoa.

Aldeone foi encontrado deitado em cima da cama com a barriga para baixo, uma marca de disparo de arma de fogo no rosto, na altura do supercílio esquerdo e não apresentava sinais de luta corporal.

O perito contou que, após o tiro, o suspeito do crime virou o corpo e ainda revirou a residência em busca de objetos de valor, roubou as TVs da sala e do quarto, arrumou a casa e saiu trancando a porta e levando consigo a chave.

Levado à delegacia, Cleyton negou que tivesse qualquer relacionamento amoroso com o empresário, confessou o crime e contou que realizou o assassinato para roubar. Ele, inclusive, já responde processo por outros dois furtos.

“Eles saíram para bebem e foram para o apartamento. Chegando lá, eles continuaram a beber e, quando Aldeone dormiu, o jovem deu um tiro na cabeça dele”, contou o delegado Braz Morrone, titular da delegacia de Crimes contra o Patrimônio.

Um detalhe que chamou a atenção dos investigadores é que a casa do homem estava cercada por escadas, possibilitando que ele tivesse várias rotas de fuga caso a polícia chegasse para prendê-lo. Entretanto o recinto já estava devidamente cercado pelas equipes da DCCPAT, ocasionando a sua inevitável prisão.

A pista que vez a polícia chegar a Cleyton foi uma série de fotos enviadas pela vítima para amigos mostrando o homem e afirmando que sairia com ele naquela noite, inclusive uma foto mostrando uma lata de cerveja e uma arma.

Foto enviada por Aldeone. Foto: Divulgação


Redação

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.

Notícias Relacionadas