X
Dólar
Euro
23 de outubro de 2019

OUTUBRO ROSA

Secretaria Municipal de Saúde apresenta dados de câncer de mama e oferta de serviços na Capital

09/10/2019 | 17h39min
D R T .R J . 15855. Ivomar Gomes Pereira.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de João Pessoa apresentou, nesta quarta-feira (9), dados sobre a realização de mamografias e a oferta de serviços de prevenção ao câncer de mama na Capital. Com o tema ‘Cuide-se o ano todo’, a apresentação aconteceu no auditório da Estação das Artes, anexo à Estação Cabo Branco, e faz parte da programação alusiva à Campanha Outubro Rosa, em combate ao câncer de mama.

De acordo com dados da Vigilância Epidemiológica de João Pessoa, já foram registrados, preliminarmente, 96 casos de câncer de mama e 62 óbitos decorrentes da doença este ano. No ano passado, foram 250 casos diagnosticados e 77 óbitos, enquanto em 2017, foram 220 casos e 64 óbitos.

A estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca) é de 240 novos casos de câncer de mama no município em 2019, o que representa uma taxa de incidência de 57,41 para 100 mil mulheres residentes em João Pessoa. Em todo o Brasil, a estimativa é de 59.700 novos casos este ano, ou seja, a taxa de incidência é de 51,29 para cada 100 mil mulheres brasileiras.

Para o secretário municipal de Saúde, Adalberto Fulgêncio, é importante que as mulheres procurem os serviços para realizarem os exames, sendo o modo mais eficaz para a detecção do câncer de mama. “O cuidado não deve ser apenas em outubro, mas durante o ano todo e, para isso, temos oferta de mamografia e políticas de prevenção de janeiro a dezembro. Além do cuidado com a mama, as mulheres devem manter uma rotina de cuidado integral com a saúde”, afirmou.

Serviço – A Rede Municipal de Saúde oferta 5,6 mil mamografias mensalmente, somando um total de mais de 67 mil ao ano, porém, ainda há uma baixa procura pelo exame. No primeiro semestre deste ano, foram realizadas 10,4 mil mamografias. Já no ano passado, foram realizados 21,6 mil exames deste tipo, o que corresponde a uma média de 1,8 mil ao mês.

Atualmente, os exames são oferecidos em quatro serviços, por meio da rede municipal. São eles: Centro Especializado em Diagnóstico do Câncer (CEDC), Fundação Napoleão Laureano, Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW) e Instituto Walfredo Guedes Pereira (Hospital São Vicente de Paulo).

Para ter acesso ao exame, a usuária deverá se dirigir à sua Unidade de Saúde da Família (USF) de referência. No local, ela passará por avaliação do médico ou enfermeiro que, ao verificar a necessidade do exame, fará a requisição da mamografia.

Em posse do encaminhamento, as mulheres munícipes de João Pessoa podem optar entre fazer a marcação por meio da USF ou dirigir-se diretamente a um dos quatro serviços conveniados para fazer o agendamento. Podem fazer a mamografia de rastreamento, as munícipes a partir dos 40 anos de idade. No caso das moradoras de outros municípios, pactuados com a Capital, os exames devem ser agendados por meio das Secretarias de Saúde de onde residem.

Programação – Durante o mês de outubro, serão intensificadas as ações de prevenção ao câncer de mama e promoção da saúde da mulher nas unidades de saúde da família (USF), policlínicas municipais e hospitais da rede municipal. Com o tema ‘Cuide-se o ano todo, a programação destaca pontos como cânceres de mama e colo de útero, planejamento reprodutivo, acompanhamento de pré-natal, violência contra a mulher e infecções sexualmente transmissíveis.

Câncer de mama – É o tipo mais frequente de câncer entre as mulheres brasileiras. O câncer de mama é uma doença silenciosa, que pode apresentar um caroço na mama e pode vir acompanhado ou não de dor. Em alguns casos, pode haver alteração na pele da mama, com aparência de casca de laranja e também podem aparecer caroços na região das axilas.

Casos de câncer de mama em João Pessoa:
2013 – 158
2014 – 183
2015 – 178
2016 – 204
2017 – 220
2018 – 250
2019 – 96 (dados preliminares)

Óbitos por câncer de mama em João Pessoa:
2013 – 48
2014 – 64
2015 – 64
2016 – 58
2017 – 64
2018 – 77
2019 – 62


Secom-JP

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.