X
Dólar
Euro
19 de outubro de 2019

ALGUNS HÁ SEIS ANOS

Operação apreende mais de 6 toneladas de produtos vencidos em feira de Campina Grande

22/09/2019 | 14h15min

O Procon de Campina Grande, em parceria com a Gevisa (Gerência de Vigilância Sanitária) e a Polícia Militar, realizou a operação “Feira Legal” na manhã deste domingo na Feira da Prata, em Campina Grande, onde foram apreendidos mais de seis toneladas de produtos fora do prazo de validade.

“Há mais de 60 dias recebemos da Vigilância Sanitária do município inúmeras denúncias de que havia o comércio de produtos vencidos e adulterados na Feira da Prata. A partir daí o Procon realizou várias diligências no intuito de confirmar se as denúncias eram verdadeiras”, contou o coordenador executivo do Procon-CG, Rivaldo Rodrigues.

Confirmados os indícios, a ação foi montada. O que chamou a atenção da fiscalização foi a camuflagem feita, não só da data de vencimento dos produtos comercializados, mas dos comerciantes. Alguns produtos estavam vencidos desde 2013.

“Muitas barracas simples tinham por trás grandes depósitos, sortidos com produtos impróprios para o consumo humano. Por isso, além da apreensão de mercadoria, houve também detenções por parte das polícias”, esclareceu.

O inspetor sanitário, Luciano Diniz, disse que os comerciantes compravam os produtos quando estavam perto do vencimento em grandes mercados de atacados da cidade por um preço abaixo do que geralmente é praticado.

Vender alimentos fora da validade é crime contra as relações de consumo, como está previsto no inciso IX, do art. 7° da Lei 8.137/90. A pena varia de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, ou multa.

Os produtos apreendidos foram encaminhados a Gevisa. Até o momento ninguém foi preso, mas dois comerciantes estão sendo procurados.

(Foto: Reprodução/Whatsapp)


Redação

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.