X
Dólar
Euro
13 de novembro de 2019

CIDADANIA

Jogos da Juventude têm início nas unidades socioeducativas nesta quarta

07/08/2019 | 15h50min

A Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice Almeida” (Fundac) inicia, nesta quarta-feira (7), os 1º Jogos da Juventude. A ideia é revelar jovens com talento para o esporte profissional, especialmente para o futebol de campo e de salão. Os primeiros jogos acontecem no Lar do , aroto seguido do CEA/Sousa e demais unidades.

São nesses jogos que a Fundac, por meio da Diretoria Técnica e do eixo Esporte, Cultura e Lazer/Projeto Revelando Campeões,leva vários ‘olheiros’, que têm a missão de identificar futuros jogadores com potencial para atuar no campo profissional. Esse projeto que revela campeões objetiva descobrir talentos no esporte entre adolescentes e jovens que cumprem medidas socioeducativas de privação e restrição de liberdade.

Segundo o coordenador do Eixo, Nilton Santos, por meio deste projeto, há a pretensão de criar um núcleo de treinamento intensivo nas unidades socioeducativas e firmar parcerias com os times esportivos do Estado da Paraíba para que estes possam selecionar novos jogadores para os seus times. “Para que possamos revelar campeões, precisamos primeiro revelar desejos, descobrir e despertar sonhos”, observou.

Dentro das unidades socioeducativas, Nilton informa que as práticas esportivas se colocam como ações de grande atração, sobretudo o futebol, futsal e voleibol. “São estes esportes que estimulam os jovens a pensarem regras e condutas e possibilitam convivência pacífica, amenizam conflitos e selam acordos de paz”, afirmou ressaltando que, desta forma, é possível lapidar esse “talento” revelando um possível campeão.

Quem é quem – A Paraíba já revelou grandes nomes no futebol; jogadores que vieram de famílias em condições de pobreza e vulnerabilidade social. Histórias de vidas que são semelhantes com a trajetória dos adolescentes/jovens que são atendidos pela Fundac.  
Mazinho (campeão mundial em 1994, nos EUA), Hulk (destaque da Copa do Mundo de 2014); Índio, Assis Paraíba, Rinaldo, Durval, Júnior, Fábio Bilica, Marcelinho Paraíba, e Douglas Santos, Almir (Botafogo-RJ), Ailton (Schalke-Alemanha), Robson (Sport-PE), Suélio (Botafogo-RJ), Ricardinho (Palmeiras-SP), Durval (Atlético Paranaense), Esquerdinha (União da Leiria – Portugal) e Fábio Lima (Al-Wasl Sports Club – Arábia Saudita), são alguns exemplos.

Exemplos de inspiração – Nilton lembra que a história desses jogadores paraibanos e de outros atletas podem inspirar os socioeducandos na elaboração de um projeto de vida através dos esportes. “Por isso, a parceria com entidades esportivas, instituições públicas e privadas são de fundamental importância para a realização deste projeto”, informou.

Em outubro de 2017, a socioeducação teve o prazer de formar um time de futsal para participar dos jogos escolares da Paraíba, chegando as oitavas de final com grande destaque – feito que levou apenas dois meses para a formação e treinamento do time pelos professores da Escola Cidadã Integral Socioeducativa.

Ainda no mesmo período houve a indicação de uma jovem egressa para o time feminino do Botafogo (PB) e um jovem para o time feminino de Sub 19 do Botafogo. No ano de 2018 o projeto indicou um adolescente para o time masculino de sub 19 do mesmo time.

Com base nessa experiência exitosa, o projeto Revelando Campeões acredita na possibilidade de encaminhamento profissional destes jovens para os times e equipes esportivas do Estado, como também uma possível transformação social pelos os esportes. Revelando o talento para a cidadania e a vida.

Atualmente, o Estado da Paraíba tem aproximadamente 464 adolescentes que cumprem medidas socioeducativas com privação ou restrição de liberdade. É preciso mostrar a esses jovens que uma infração cometida por eles não anula a possibilidade de transformação social. Para Nilton, a sociedade precisa conceder a estes jovens oportunidades de educação, cultura, trabalho e lazer. O projeto Revelando Campeões se coloca como uma dessas oportunidades


Secom\PB

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.