X
Dólar
Euro
14 de outubro de 2019

DIETA

Menos pão, mais salada: Gabriel Jesus conta como virou um “novo atleta” no City e na Seleção

12/07/2019 | 09h40min
Foto: Marcos Ribolli

Gabriel Jesus chegou à Copa América como reserva da Seleção e camisa 33 do Manchester City. Durante os quase 50 dias em que esteve concentrado, ganhou a posição, fez seus dois primeiros gols em Copas, na semifinal e na final, e de quebra passou a ser 9 também em seu clube. Uma volta por cima do atacante que, até pouco tempo atrás, falava muito da Copa do Mundo sem gols.

Agora, aos 22 anos, Gabriel Jesus já pode comentar uma retomada, que ele atribui, entre outros fatores, à presença do preparador físico André Cunha, que cuida pessoalmente do atacante em Manchester. Com muita conversa, com menos pão e mais salada.

– Eu não comia salada, nada disso, e hoje como mais. Não agora porque estou de férias, então falei para ele: “Esquece salada, só quando eu voltar” (risos). Ele está me ajudando bastante. É muito importante ter uma pessoa ao seu lado, que te conhece melhor até do que o preparador do clube, mas estão sempre conectados. Eu não faço nada a mais ou a menos, faço o que preciso – disse.

Gabriel Jesus atendeu veículos de imprensa por 10 minutos cada um, na manhã de quinta-feira, em São Paulo. Um dos últimos compromissos antes de viajar de férias, se reapresentar ao City e aguardar a próxima convocação da Seleção, em agosto. Ele certamente estará na lista de Tite.


G1

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.